programa minha casa minha vida









No dia 29 de abril do corrente ano, foi realizado a assinatura contratual do PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA, FAIXA 1, entre a Prefeitura Municipal de Conceição das Alagoas e a Caixa Econômica Federal.

Juntamente com o nosso Prefeito Celson Pires e a nossa Vice-Prefeita Ivaina Reis, estiveram presentes o Superintendente Regional da Caixa Econômica Federal José Geraldo Sales, vereadores do nosso município, como também vereadores e prefeitos das cidades vizinhas, Deputados Estaduais como: Elismar Prado, Tenente Lúcio, Bosco, Lerin e o Deputado Federal e Secretário do Ministério de Trabalho, Emprego e Renda José Silva, representante da Cohagra Wagner Nascimento Júnior, representantes da Usina Delta, Secretário de Gestão das cidades de Uberaba além dos secretários das pastas do nosso município.

Esse programa habitacional é o começo de um grande marco da cidadania na gestão 2013-2016, pois, as prestações são acessíveis as pessoas de baixa renda do nosso município, o que proporcionará ao cidadão beneficiário autonomia, resgate da cidadania, acessibilidade, resgate da auto-estima o que possibilitará uma melhor qualidade de vida ao nosso cidadão.

Para poder se inscrever, o cidadão deve ser maior que 18 anos e comprovar que mora no município a pelo menos um ano, ter renda familiar mensal de até R$ 1.600,00 e seguir os seguintes passos:

1. Cadastrar no CADÚNICO, caso já seja cadastrado, verificar se o cadastro esta atualizado ( o cadastramento é realizado na Secretaria de Desenvolvimento Social- antigo CATRU);
2. Providenciar cópia dos seguintes documentos (se for casado ou se viver junto providenciar também do conjugue): 
• carteira de identidade ou carteira de motorista; 
• CPF; 
• Se solteiro: certidão de nascimento; 
• se for casado: certidão de casamento;
• se for amasiado: declaração de união estável. 
• Se for viúvo certidão de óbito; 
• carteira de trabalho; 
• três últimos holerites; 
• certidão de nascimentos dos filhos.
• Se tiver alguma pessoa com deficiência na família providenciar laudo médico que comprove a deficiência. O laudo deve conter: a espécie, o grau ou nível da doença e a CID;
• Se a família tiver idoso providenciar cópia da carteira de identidade; 
Neste momento, a Secretaria de Desenvolvimento Social esta realizando a primeira parte da inscrição que é o Cadastramento Único- CADÚNICO- e a atualização do mesmo. Para a segunda parte aguardar pronunciamento nas mais variadas instância de comunicação. Maiores Informações: 34-3321-3084 ou na Secretaria de Desenvolvimento Social. 









Rua Floriano Peixoto, 395 - Centro | CEP 38120 000 Tel. [34] 3321-0000 | CNPJ 18.428.854/0001-39