tiro de guerra tem bons resultados em inspeções


Atiradores já declaram interferência positiva em sua formação








Inaugurado em 2016, o Tiro de Guerra 11-015 está chegando a conclusão da sua segunda turma e vem recebendo elogios da alta cúpula do Exército Brasileiro que tem se feito presente nas inspeções. O TG é comandado pelo subtenente Wagner Benderovicz e em novembro nosso município contará com 30 atiradores reservistas do Exército formados.

 

O Tiro de Guerra foi pleiteado pelo prefeito Celson Pires que diagnosticou a carência de atividades voltadas para os jovens. “Os jovens de Conceição das Alagoas estavam ociosos, porque o município não conta com opções de atividades que contribuam para a sua formação, então, fomos à busca deste programa do Exército para auxiliá-los”, disse.

 

O objetivo do Tiro de Guerra é formar reservistas de 2ª categoria aptos ao desempenho de tarefas para a defesa territorial e civil. Durante o período servindo ao TG o atirador recebe instruções de civismo e patriotismo que contribuem na sua formação. Além disso, os jovens ainda contam com matérias relacionadas à ação comunitária, defesa civil, meio ambiente entre outras.

 

Para as formaturas de inspeção que acontecem, geralmente, trimestralmente o Tiro de Guerra recebe as presenças da alta cúpula do Exército Brasileiro como o coronel Robson Cremonez e do comandante da 11ª Região Militar, general Denison Maia que em sua última visita elogiou a estrutura física do TG e a formação dada aos jovens da nossa cidade. “Temos um espaço adequado para as atividades e o instrutor com qualidade o que está contribuindo para o sucesso do TG”, falou.

 

A implantação do Tiro de Guerra também contribuiu para comunidade que agora conta com o apoio para campanhas e atividades. “Só temos saldos positivos após a instalação do TG até na segurança, então, foi um investimento importante e que com toda certeza irá nos render ainda muitos frutos”, concluiu o prefeito.

 

Os jovens também estão empolgados com a oportunidade de prestar serviço ao Exército e até com uma eventual carreira militar como é o caso de Yan Lima. “Aqui nós aprendemos a respeitar a hierarquia, a amar o nosso país de uma forma que nenhum outro lugar nos ensina e esses ensinamentos eu vou levar para vida toda, tenho certeza, mas eu quero mais, quero tentar uma carreira e quem sabe, um dia, ser um general do Exército Brasileiro”, conta.










Rua Floriano Peixoto, 395 - Centro | CEP 38120 000 Tel. [34] 3321-0000 | CNPJ 18.428.854/0001-39